quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Minissérie da TV Globo


Estou acompanhando a Série Capitu.

O livro Dom Casmurro foi o melhor que li até hoje, fiquei fascinada pela personagem Capitu, mesmo diante de todas as insinuações do autor (que é uma narrativa em primeira pessoa), citando um lado obscuro e expressando um ressentimento amargo de seu grande amor.
Capitu é descrita como uma mulher inteligentíssima, muito perspicaz e dissimulada pelo narrador, mas não me convence que toda essa personalidade seria mais tarde, introduzida numa infiel esposa.
Na minha compreensão, acho que Bentinho simplesmente ficou cego e começou idealizar uma suposta traição, gerando uma situação insuportável para si as pessoas que mais ama.
Dom Casmurro deixou de viver feliz com sua amada somente por uma teimosia, uma hipótese, uma vez que durante todo o romance, não é revelado que Capitu o traiu de fato.

Fica aqui uma observação:

Que nunca imaginemos coisas e criemos fantasias que nos levam a desgraça. Bentinho poderia ser eternamente feliz se cultivasse todo o amor que sentiu em sua infância, não deixando que a dúvida da traição culminasse o seu ser.